<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d35570090\x26blogName\x3dCSEMistas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://csem-esel.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://csem-esel.blogspot.com/\x26vt\x3d-6930864715778663714', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>


A perspectiva que realmente interessa

2006/11/30 | nCSEM
Assim se define o fotoXOQUE, que lança, em primeira-mão, a sua edição número zero. “Prometemos, acima de tudo, isenção na abordagem, pouco séria, que daremos às nossas manchetes”, referiu o responsável da publicação, Piso Jeruvio (nome fictício).

Actualmente com quatro jornalistas nos seus quadros, o fotoXOQUE tem mais vagas disponíveis para o seu corpo redactorial. Os interessados, que sofram de ligeira insanidade mental e que tenham gosto pela escrita, devem contactar a publicação através do email deste blog.

A publicação, de tiragem variável e de periodicidade esporádica, promete revolucionar a vida da comunidade CSEMista. [Para download: fotoXOQUE v1.00]

Brevemente...

2006/11/27 | nCSEM

Rádio – Um Produto com Marketing

2006/11/26 | nCSEM

© PEDRO JERÓNIMO

Sensibilizar os operadores para a importância e necessidade de adopção de uma boa política de Marketing para a Rádio, foram o mote para o encontro que reuniu, no passado dia 23, na ESEL, cerca de uma centena de profissionais do sector e alunos de CSEM.

Esta ocasião serviu ainda para a responsável de Marketing da RDP, Susana Matias (na foto), revelar, em primeira-mão, alguns spots de promoção a algumas marcas do grupo, como são os casos das rádios Antena 1 e Antena 3.

“Rádio – Um Produto com Marketing”, contou ainda com as presenças do Director de Marketing e Comunicação do Grupo Renascença, João Xavier Lobo, e o responsável pelo Projecto de Rádio da ESEL, Walter Marcos.

Que Empregabilidade?

2006/11/24 | nCSEM
A resposta a esta e outras questões será dada na próxima segunda-feira, dia 27, pelas 9h30, no auditório do IPJ – Instituto Português da Juventude (junto ao Estádio Municipal).

O fórum “Jovens Diplomados: Que Empregabilidade?” é promovido pela ADLEI – Associação para o Desenvolvimento de Leiria.

Natal é com CSEM

2006/11/23 | nCSEM
© Pedro Jerónimo
Oh, Oh, Oh, Merry Christmas! O Natal este ano chega mais cedo, sobretudo para os CSEMistas. Assim, vamos reunir-nos para o tradicional Jantar de Natal de CSEM, com a respectiva troca de prendas*.

Dia: 30 de Novembro (quinta-feira, véspera de feriado)
Hora: 20h30
Local: restaurante Lareira.

*Todos devem levar uma, no valor de aproximadamente 2€.

IPL x ISPV (6-2)

O IPL recebeu, esta noite, o Instituto Superior Politécnico de Viseu e consegui a segunda vitória consecutiva na LUF. Apesar de terem entrado a ganhar, os leirienses consentiram dois golos, tendo, no entanto, empatado ainda antes do intervalo. Com um segundo tempo de alto nível, o IPL ampliou a vantagem até aos 6-2 finais.

Segue-se uma deslocação à Guarda, no próximo dia 30, para defrontar o instituto politécnico local. Mais informações aqui.

Uma espécie de magazine desportivo

2006/11/21 | nCSEM
A época desportiva no IPL corre sobre rodas e já registou algumas marcas interessantes. Na deslocação à Covilhã, para o primeiro torneio de abertura, na passada semana, as formações de voleibol do IPL tiveram percursos distintos. Se no caso das meninas o resultado foi um honroso 3º lugar, já os rapazes ficaram-se pelo 6º posto (contaram com a participação do representante do 1º ano de CSEM, e “estrela da companhia”, João Branco).

Entretanto, amanhã, dia 22, realiza-se mais um jogo da Liga Universitária de Futsal. No Pavilhão dos Parceiros, o IPL recebe, pelas 21h30, o Instituto Politécnico de Viseu.

Jantar de CSEM (1º ano)

2006/11/18 | nCSEM
Caloiros, o grande dia chegou! Depois das praxes e de algumas semanas de convívio, já temos mais alguns colegas entre a grande família CSEMista, nomeadamente, os da 2ª e 3ª fases. Ora, nada melhor do que nos reunirmos todos à mesma mesa, com um bom repasto a acompanhar. Assim sendo, aponta na tua agenda:

21 de Novembro | 20h30
Restaurante “O Carloto” (Telheiro) | 10 euros

A concentração faz-se em frente à Câmara Municipal de Leiria, pelas 20h00. Encarando a possibilidade de haver chuva nesse dia, pede-se que levem carros para facilitar o transporte de quem não tem.

As inscrições serão feitas através de uma folha que irá passar nas aulas da próxima segunda-feira, dia 20. Quem não o puder fazer por essa via, deixe o seu nome aqui ou envie um email.

AAUA x IPL (3-4)

2006/11/16 | nCSEM
Ora ai está a primeira vitória do IPL na edição 2006/07 da Liga Universitária de Futsal. De visita à Universidade de Aveiro, os comandados por Tó Coelho suaram para levar de vencida, esta noite, a associação académica local, num jogo a contar para a 3ª jornada (ainda só se realizaram duas).

Depois do empate na estreia, frente à Associação Académica de Coimbra, segue-se, no próximo dia 22, novo embate no Pavilhão dos Parceiros, frente ao Instituto Superior Politécnico de Viseu.

Sheep Attack

2006/11/14 | nCSEM

Daniel Oliveira em entrevista

2006/11/11 | nCSEM
Volvida uma semana do ENEJC, publicamos aqui uma pequena entrevista – 1ª parte (esquerda) e 2ª parte (direita) – feita ao jovem apresentador do “Só Visto”, da RTP. “Alguém que começa, não pode ter pretensões a vir a ser Camões”, referiu Daniel Oliveira, numa clara referência aos jovens jornalistas.

Fórum CSEM

2006/11/10 | nCSEM
Como já devem ter reparado – lateral esquerda – foi adicionado ao blog um fórum. De referir que, no mesmo, já decorre uma votação para definir uma data para o primeiro Jantar de CSEM – 1º ano. Há alunos novos da 2ª fase e muitos da 1ª que mal se conhecem. Participa.

IPL x AAC (3-3)

2006/11/09 | nCSEM
© PEDRO JERÓNIMO
O IPL empatou na estreia frente à Associação Académica de Coimbra (AAC) a três bolas. Contrariamente ao que foi avançado, o jogo teve lugar ontem, dia 8, e não hoje.

Os jogos da Liga Universitária de Futsal realizam-se sempre à quinta-feira, no entanto, e segundo informações recolhidas junto do responsável pelo Sector Desporto do IPL, Marco Oliveira, a nossa instituição jogará sempre à quarta-feira, uma vez que não dispõe de pavilhão para os dias inicialmente agendados.

O próximo jogo, referente à 3ª jornada – a 1ª foi adiada – será no reduto da Universidade de Aveiro, no próximo dia 16. Segue-se a recepção ao Instituto Superior Politécnico de Viseu, dia 22 de Novembro, no Pavilhão dos Parceiros (hora a definir).

Jogo de campeões

2006/11/08 | nCSEM
A formação de futsal masculino do IPL faz a sua estreia, amanhã, dia 9, na Liga Universitária de Futsal (LUF) 2006/07. O jogo realiza-se às 21h30, no Pavilhão dos Parceiros. O adversário é, nada mais, nada menos, que o actual campeão nacional universitário: Associação Académica de Coimbra.

Recorde-se que o IPL tem obtido excelentes resultados na LUF. Em 2005/6 foi 4º, numa fase final – Final Four – marcada pelas más arbitragens, e em 2004/5 foi 2º, tendo deixado fugir o título a 9 segundos do final da partida, que perdeu, frente à Universidade da Beira Interior.

“Volver” de Almodóvar

No seguimento da sugestão da docente de Castelhano I, Marta Saracho, informamos que estreia já amanhã, dia 9, em Leiria, o mais recente trabalho do realizador espanhol Pedro Almodóvar – “Volver”.

Cinemas O Paço – Sala 1 (junto à Sé)
9 a 15 de Novembro 21h30
VOLVER
Realizador: Pedro Almodóvar
Elenco: Penélope Cruz, Carmen Maura

Podem ganhar bilhetes duplos aqui.

Para o ano há mais…

2006/11/05 | nCSEM
Organização do ENEJC´06 © Pedro Jerónimo
…em Lisboa – VI ENEJC será na Escola Superior de Comunicação Social.

Depois de três dias intensos, repletos de painéis e workshops, chegou ao fim o V ENEJC, organizado pelo curso de CSEM. “Foi um orgulho para a escola e para o curso, acolher um encontro de dimensão nacional”, referiu a nossa directora, Alda Mourão, no fecho do ENEJC. A docente aproveitou ainda a ocasião para lançar um desafio aos CSEMistas: “organizem novos eventos, porque ficou provado que existe capacidade para tal”.

Fiquem atentos ao CSEM_06_07, porque temos uma pequena entrevista, exclusiva, a um dos “cabeças de cartaz” do encontro.

ENEJC já rola

2006/11/04 | nCSEM
Alda Mourão, Directora do curso de CSEM, no Painel 1 do ENEJC © Pedro Jerónimo
Leiria é, a partir de hoje, e até domingo, a capital do jornalismo e comunicação. O primeiro dia ficou marcado por dois painéis e uma entrevista, onde o tema “Ensino da Comunicação em Portugal: Que cursos? Que profissionais? Que futuro?” e “Imagem Pública e direito à imagem. Direito de informar ou violação da privacidade?”, foram abordados.

Mas desenvolvimentos aqui.

«Painel de convidados excelente!»

2006/11/02 | nCSEM
Todos os projectos são feitos de rostos. O ENEJC não é excepção e na linha da frente encontra-se um ex-aluno de CSEM: Joaquim Martins. É jornalista na Rádio Altitude e há cerca de um ano aceitou o desafio de tentar fazer deste, o melhor ENEJC de sempre. A poucas horas do início, fomos ouvi-lo...

Que balanço fazes, para já, do ENEJC?
O balanço que fazemos, por agora, é muito positivo: temos um painel de convidados excelente! Está uma equipa de 25 pessoas a trabalhar com muito empenho e a nossa prestação, enquanto principiantes na organização de um evento deste género, é muito positiva. Temos conseguido alcançar todos os objectivos e estamos muito optimistas.

Quais os maiores obstáculos que encontram pelo caminho?
O nosso constrangimento talvez tenha sido a divulgação tardia – mas era complicado tentar pedir às entidades que divulgassem ou apoiassem o que ainda não passava de um plano – muito ambicioso e difícil de convencer.

Para além disso, um dos factores que nos deu mais problemas foi o facto de sermos estudantes – são ainda vistos como gente muito irresponsável, que não cumpre compromissos e que em qualquer circunstância podem ser manhosos. Foi extremamente difícil convencer as pessoas do profissionalismo do ENEJC. Mas quando começaram a saber, por exemplo, dos primeiros convidados, foi a primeira prova de que esta é uma organização séria.

Um dos aspectos que se repetiu, em relação ao 4º ENEJC, foi a divulgação tardia. A que se ficou a dever?
Na nossa opinião, o objectivo da divulgação foi bem conseguido: a título quase gratuito, temos conseguido destaques em praticamente todos os nossos contactos: blogues e páginas de associações de estudantes, blogues e fóruns de discussão sobre media, páginas pessoais (muito lidas, algumas delas) de jornalistas, académicos, profissionais e estudantes de Comunicação.

Sites de grande audiência, como a "Fábrica de Conteúdos", a "LeiriaEconómica" ou o "PortugalMail" referem-nos, e isso graças a um trabalho de charneira que esta equipa idealizou e agora tem os primeiros resultados.

Em Leiria, contamos com a Central FM enquanto parceira do Encontro, e tentaremos ainda outras rádios da região.

Agora, a nível nacional, é claro que não podemos ambicionar grandes anúncios em jornais de referência – ainda pusemos isso em questão, mas financeiramente iria ser muito difícil.

Estando já a trabalhar no sector, que conselho darias aos caloiros que pretendem seguir esta área?
Penso que os alunos que, de alguma forma, mostram trabalho e seriedade no que fazem dentro e fora da escola, conseguem alcançar as melhores oportunidades. Projectos do género do ENEJC, da rádio, do jornal da escola são excelentes passaportes para os alunos se mostrarem, promoverem o seu valor, afinar o talento e trabalharem para a formação profissional e pessoal. A média de final de curso, não raras vezes, pouco vale para quem oferece emprego.

No teu entender quais os maiores desafios que se apresentam aos futuros comunicadores?
O maior desafio que se põe aos futuros comunicadores é um desafio à própria criatividade deles. Estamos a passar, no sector, por uma crise violenta. Basta olhar para os profissionais experientíssimos que estão desempregados ou que abandonaram o jornalismo, para os jornais que fecham ou que estão a sofrer reestruturações no pessoal, nos projectos que sobrevivem com custos baixíssimos, etc.

Ou seja, a História prova-nos que só sobrevive a uma época de crise quem consegue fazer dela uma oportunidade e não uma fatalidade.

Para fazer render os novos meios de comunicação, e os «velhos» que se reinventam, é necessária criatividade, as ideias, a gestão de meios, de recursos, de pessoas... E tudo isso se traduz num trabalho extenuante e de longo alcance. É um desafio com o qual me identifico, e muito.