<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d35570090\x26blogName\x3dCSEMistas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://csem-esel.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://csem-esel.blogspot.com/\x26vt\x3d-6930864715778663714', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>


Falamos depois...

2008/08/18 | nCSEM

Etiquetas: ,

Ventos de mudança

2008/08/14 | nCSEM
Na sequência do último post, o núcleo informa que vão ser tomadas medidas. Temos indicações do IPL que a prioridade para 2008/09, para a nossa escola, passa precisamente por solucionar alguns pontos que o Conselho Pedagógico já tinha detectado e que o nosso relatório veio reforçar.

Relativamente a algumas vozes que se têm levantado contra o aumento de propinas, aconselhamos à leitura dos despachos do IPL. Todos queremos mais e melhor, isto tudo sem aumento de propinas, contudo, é um ideal difícil de concretizar actualmente, atendendo à conjuntura. O Estado tem vindo a “desinvestir” no ensino superior desde 2005, ou seja, estamos a falar de menos 16,5% no Orçamento de Estado 2008, relativamente ao de 2005. Portanto, para que o IPL possa investir em algumas melhorias, naturalmente que as propinas servirão para financiar as mesmas.

Em todo este processo, temos que louvar, para já, a postura de todos os órgãos da ESECS, nomeadamente, conselhos directivo e pedagógico, bem como a coordenação de curso, que, atentamente, analisaram os resultados do inquérito feito a CSEM e começaram a agir prontamente. Será difícil fazer tudo de uma vez, no entanto, sabemos que as questões que carecem de atenção urgente estão a caminho da resolução.

Quanto a nós, cá estaremos, em 2008/09, para, juntamente com todos os CSEMistas e órgãos da ESECS, fazer o melhor possível.

Boas férias para todos!

Etiquetas: , ,

Noventa e nove euros e noventa cêntimos

2008/08/07 | nCSEM

…será o aumento das propinas para 2008/09, cujo valor se fixa nos 972,00€, conforme Deliberação do Conselho Geral do Instituto Politécnico de Leiria, de 23 de Julho de 2008.

Apesar de ser um aumento esperado (nunca desejado) – aconselhamos uma leitura ao Despacho n.º 115/2007 e à Deliberação do Conselho Geral de 23 de Julho de 2008 - Propinas – o núcleo vai estar atento, designadamente, às medidas que esperamos que sejam tomadas, ao nível da ESECS, na sequência do relatório que apresentámos ao Conselho Directivo, que, por sua vez, solicitou um parecer urgente à coordenação de curso.

O excesso de alunos por turma; materiais em número insuficiente (sobretudo nas unidades curriculares de multimédia) e escassez de espaços para a realização de trabalhos e estudo, são, no nosso entender, questões que se têm vindo a repetir, sem que sejam avançadas soluções.

Esperamos, portanto, que o IPL, ao nível da ESE, cumpra com o que anuncia e é determinado no n.º 2 do art. 16 da Lei n.º 37/2003, que indica que «o valor da propina é fixado em função da natureza dos cursos e da sua qualidade.» Por conseguinte, o nCSEM não irá pactuar com um agravamento que não tenha como finalidade melhorar a qualidade do ensino (público).

Etiquetas: , ,